O silêncio do vampiro

o-silencio-do-vampiro_livro-de-luiz-andrioli_capaComo um autor que não fala com a imprensa é cada vez mais citado nas páginas dos jornais? Quem é este Dalton que fala através do seu silêncio? Estas foram as principais perguntas que guiaram o escritor e jornalista Luiz Andrioli nos últimos anos. Durante o mestrado em Letras na Universidade Federal do Paraná, Andrioli analisou dezenas de reportagens e críticas a respeito de Dalton. O objetivo era entender como um autor recluso e avesso a entrevistas aparece tanto na mídia. “Em diversas situações, percebemos que os jornalistas tomam pensamentos dos personagens de Dalton para preencher a ausência da fala do autor. Por isso o tema é o silêncio do vampiro. A reclusão do Dalton cria um efeito ficcional dentro das páginas da imprensa.

A abertura do livro traz o conto Carta para um velho vampiro, inspirado no livro Cartas a um jovem poeta, de Rainer Maria Rilke, obra referência para Dalton Trevisan. Nesse prólogo, Andrioli divide com o leitor algumas impressões pessoais que o levaram a admirar a obra do contista curitibano. A capa é um original do artista curitibano Poty Lazzarotto (1924 – 1998). A criação é de Fabi Dipp, artista gráfica responsável pelas mais recentes capas dos livros do contista.

O silêncio do vampiro é fruto de um estudo feito pelo escritor e jornalista curitibano Luiz Andrioli. A pesquisa foi desenvolvida durante o mestrado em Estudos Literários na Universidade Federal do Paraná. A dissertação foi apresentada na UFPR em 2010, sob a orientação da professora doutora Marilene Weinhardt. Para a publicação em livro, o texto foi retrabalhado, procurando aproximar ainda mais o conteúdo do leitor comum.

Compre

Leia reportagem sobre o lançamento do livro na Gazeta do Povo.